Notícias
EMPREGO 2017
Limeira cria 1.353 vagas; ações para desenvolvimento ajudam, diz prefeito
17/08/2017 | 18h47
Limeira cria 1.353 vagas; ações para desenvolvimento ajudam, diz prefeito

O emprego formal (com carteira assinada) está crescendo em Limeira neste ano, apesar da ainda tímida recuperação da economia do país. Dados divulgados nesta semana pelo Ministério do Trabalho e Emprego, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), revelam que 1.353 novos postos de trabalho foram abertos na cidade nestes sete primeiros meses do ano. “Este cenário é bastante positivo, levando-se em conta, principalmente, o fato de o País estar tentando sair de uma crise. Da nossa parte, estamos atuando em várias frentes para fomentar o emprego”, observa o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Eventos, Tito Almirall. “Ações na área de desenvolvimento são prioridades na nossa administração. De alguma forma, iniciativas constantes já estão produzindo resultados, como esse do Caged”, afirma o prefeito Mario Botion.

Amanhã (18), para ratificar este cenário de otimismo a Prefeitura fará, durante entrevista coletiva, a apresentação de uma empresa que gerará mais empregos na cidade. Recentemente, Botion ainda participou diretamente das negociações para resolver uma pendência que dependia do Poder Público e que vinha afetando as atividades de uma grande empresa da cidade. “Com a solução desse problema, empregos serão mantidos e outros novos podem ser criados”, relatou.

Os dados do Caged em Limeira de janeiro a julho são altamente positivos quando comparados com o mesmo período do ano passado. Este ano, foram criados 1.353 novos postos de trabalho (diferença entre admissões e demissões), enquanto que em 2016 – também nos sete primeiros meses do anos – o movimento foi inverso, pois 443 vagas foram fechadas.

Numa análise mensal, os meses de janeiro e fevereiro foram os mais positivos para o saldo de emprego em Limeira. Em janeiro, foram criadas 326 novas vagas de trabalho, enquanto que em fevereiro, 514. Dos sete meses do ano, apenas junho havia fechado com saldo negativo. No mês passado, houve uma nova recuperação – agora com a abertura de 116 novos postos de trabalho.

A indústria de transformação é a atividade econômica que mais vem respondendo de forma positiva com a geração de novos postos de trabalho, em 2017. Nos sete primeiros meses deste ano, 1.079 vagas de trabalho foram criadas. Os números de 2016 apontavam para um saldo de 443 postos de trabalho fechados.

 

Notícias recomendadas para você
BUSCAR NOTÍCIAS