Notícias
JUSTIÇA
Prefeito e Alckmin inauguram novo Fórum
12/03/2018 | 16h07
Prefeito e Alckmin inauguram novo Fórum

O prefeito Mario Botion e o governador Geraldo Alckmin inauguraram na manhã desta segunda-feira (12), o novo Fórum Cível da Comarca de Limeira, às margens do Anel Viário (Via Antonio Cruañes Filho), no Jardim Nossa Senhora do Amparo. O governo do Estado investiu R$ 15,7 milhões na obra, que teve custo total de R$ 19,6 milhões. A contrapartida da Prefeitura de Limeira foi de quase R$ 4 milhões, correspondente a 20% do custo total, além da cessão ao Estado de parte do terreno que pertencia ao município. A Secretaria de Obras e Serviços Públicos atuou como administradora e fiscalizadora dos serviços. A entrega do Fórum coroa o empenho da atual administração, que desde o início do governo trabalhou para que a obra fosse retomada. “Quando assumimos a prefeitura, a obra estava parada. No entanto, todos os esforços foram feitos no sentido de acelerar esse processo para que o prédio fosse entregue ao Judiciário no menor tempo possível. A nova estrutura vai abrigar de maneira mais acolhedora juízes, advogados, funcionários e principalmente a população que precisa desses serviços”, destacou o prefeito.

A prédio, com capacidade para abrigar 9 varas cíveis, tem quase 7 mil m² de área construída e ocupa 24 mil m² do terreno doado pela prefeitura. Na estrutura, com três pavimentos, será instalada toda a parte Civil. O local possui áreas para o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para psicólogas, assistentes sociais, posto bancário e cartórios, além de estacionamento para 184 vagas. “É uma satisfação estar novamente aqui, uma das grandes cidades do estado de São Paulo. O município cresceu e precisava de um novo Fórum. A entrega desta obra é sinônimo de boas parcerias, especialmente com o poder Executivo de Limeira e o Judiciário. Este prédio vai trazer mais conforto aos servidores e mais qualidade nos serviços prestados à população”, ressaltou Alckmin.

Durante a cerimônia, o governador anunciou o funcionamento do Centro de Detenção Provisória (CDP). “Nos próximos dias o CDP entra em funcionamento, o que significa que os presos que aguardavam o julgamento e geralmente ficavam nos Distritos Policiais serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória. O local também vai gerar empregos, cerca de 250. A medida será importante para as áreas da Justiça e da Segurança”, afirmou Alckmin.

O diretor do Fórum de Limeira, juiz Rilton Domingues, agradeceu o esforço do município e do estado para que a obra fosse concluída. “Este é um momento muito esperado para a comunidade judiciária de Limeira e região. Neste prédio serão instaladas 7 varas cíveis, teremos aqui uma média de 10 juízes, 7 promotores, entre outros profissionais prestando importantes serviços à comunidade. Agradeço o apoio de todos para acelerar este processo”, ressaltou.

O secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania do estado de São Paulo, Dr. Márcio Fernando Elias Rosa, também esteve presente na solenidade. “O novo Fórum de Limeira exigiu um grande investimento do estado e a contrapartida do município. O local vai garantir um atendimento de qualidade aos profissionais da área jurídica e à população. A cidade irá ganhar muito com esta nova estrutura”, disse.

Com a entrega do imóvel, caberá ao Poder Judiciário mobiliar e ocupar o prédio. A cerimônia contou com a participação do 2º promotor de Justiça de Limeira, Carlos Paulo Travain Filho, representando o Procurador-Geral de Justiça em exercício, Dr. Walter Paula Sabella, do vice-prefeito Júlio Pereira dos Santos, o Dr. Júlio, da primeira-dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade de Limeira, Roberta Botion, da Presidente do Ceprosom, Maria Aucélia Damaceno, dos secretários municipais, Dagoberto Guidi (Obras e Serviços Públicos), Daniel de Campos (Assuntos Jurídicos), Antonio Peres (Comunicação Social), Tito Almirall (Desenvolvimento, Turismo e Inovação), Rodrigo Oliveira (Mobilidade Urbana), André Luis De Francesco (Educação), Matias Razzo (Urbanismo), Francisco Alves (Segurança Pública e Defesa Civil), Farid Zaine (Cultura) e do Comandante Interino do 36º Batalhão da Polícia Militar do Interior (36º BPM/I), Major Vasques.

 

 

Notícias recomendadas para você
BUSCAR NOTÍCIAS