Notícias
SAÚDE
Força-tarefa vai reduzir fila da maioria dos exames em até 150 dias
10/05/2018 | 18h14
Força-tarefa vai reduzir fila da maioria dos exames em até 150 dias

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Saúde, irá utilizar R$ 4 milhões do seu orçamento para diminuir a fila de exames de alto e baixo custos. Os procedimentos, como ressonâncias (alto custo) e ultrassons estavam represados desde o final do governo passado. “Estamos alocando e transferindo dotações, num esforço amplo de nossos técnicos para amenizar um dos prinicipais problemas da área de saúde do município”, explica o prefeito Mário Botion. Trata-se de uma das maiores ações da área de Saúde do município do atual governo para atendimento da população.

A força-tarefa será feita em 150 dias, isso a contar de abril. Do dia 2 de abril para cá, já houve redução da fila de exames. De 8.012 exames existentes naquele dia, foram feitos mais de 2 mil até ontem (9). Nesse período, por exemplo, foram realizados 402 procedimentos de ecocardiograma, 324 de ressonâncias, 279 de endoscopia, 162 de tomografia ocular e 111 de colonoscopia. Já em relação aos ultrassons, a queda foi bastante significativa. Em 1 de janeiro de 2017, quando a atual administração assumiu haviam 9.036 pessoas aguardando o exame; hoje este número caiu para 3.752.

Desde que assumiu em janeiro de 2017, o governo Botion vem adotando medidas na Secretaria de Saúde para redução das filas de exames. Estudos são feitos mensalmente voltados para questões orçamentárias e de verificação de recursos disponíveis do SUS que pudessem ser alocados para este trabalho.

De posse dos números, a Secretaria de Saúde contratou exames novos (para diminuir a fila), aditou contratos antigos (ainda com a mesma finalidade) e também vem contratando exames para garantir reservas que permitam não perder de vista os pedidos diários encaminhados por médicos. “Não há que se falar em zerar as filas, pois as demandas são contínuas, mas chegaremos a prazos aceitáveis e que são rotina na saúde em geral, como no setor privado”, declara o prefeito.

 

Notícias recomendadas para você
BUSCAR NOTÍCIAS