Notícias
SAMU, 10 ANOS
Uma década salvando vidas; só em 2021, foram 16.862 atendimentos
30/09/2021 | 16h28
Uma década salvando vidas; só em 2021, foram 16.862 atendimentos

O prefeito Mario Botion, a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Roberta Botion, e a vice-prefeita, Erika Tank, participaram na manhã desta quinta-feira (30) da cerimônia em comemoração aos 10 anos de existência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Limeira. Com localização estratégica, às margens da Via Antônio Cruãnes Filho, e funcionando 24 horas por dia, o Samu contabiliza, só neste ano, 16.862 atendimentos. Além de Limeira, o serviço atende o município de Cordeirópolis. Em ambas as cidades, o Samu atende pelo telefone 192.

Também compareceram à solenidade, que marcou o encerramento das atividades em comemoração aos 195 anos de Limeira, o presidente da Câmara Municipal, Lemão da Jeová Rafá, o vereador Betinho Neves, o secretário de Saúde, Vitor Santos, a diretora de Urgência e Emergência, Maria Fernanda Olívio Dionizio, o delegado Seccional Antonio Luis Tuckumantel, representantes do Corpo de Bombeiros, além de diretores e demais funcionários do Samu.

Botion enalteceu o “trabalho de excelência” realizado pelo Samu e cumprimentou todos os profissionais que atuam no local. “Em nome de toda população limeirense, recebam a nossa gratidão por esses dez anos de dedicação”, frisou. O chefe do Executivo falou sobre a importância do serviço durante a pandemia e o preparo da equipe para atuar em situações que envolvem risco para a vítima.

O prefeito anunciou ainda investimento na construção de um prédio que receberá a Central de Ambulâncias. Atualmente, a Central funciona em um galpão adaptado, no Centro da cidade, e a ideia é transferi-la para um novo espaço próximo ao Samu. “Nossa intenção é unir a linha branca (ambulâncias) ao Samu, em uma gestão centralizada”, comentou. “Também iremos requalificar todo o prédio do Samu, ampliando o espaço dedicado à educação dos profissionais.”

Roberta Botion, por sua vez, parabenizou os integrantes do Samu e aproveitou a oportunidade para entregar a equipe, mensagens de agradecimento escritas por alunos de escolas da rede municipal e privada, além de grupos da terceira idade. As cartinhas fazem parte de uma iniciativa do Fundo Social, denominada “Injeção de Ânimo”, como forma de reconhecer e incentivar os profissionais da área de saúde que estão trabalhando na linha de frente durante a pandemia de coronavírus. “Que essas cartinhas sirvam de ânimo e de inspiração para o trabalho de vocês”, pontuou. “Gratidão a todos vocês que são os anjos da saúde”, acrescentou.

Demanda

Atualmente, o Samu realiza em média 1.800 atendimentos por mês. Em 2020, houve 22.269 ocorrências, número ligeiramente superior ao registrado em 2019, quando os telefones da Central de Atendimento tocaram 21.531 vezes. No comparativo 2021/2020 a tendência de aumento das ocorrências também se manteve, com 15.534 atendimentos de janeiro a agosto deste ano, contra 14.827 no mesmo período do ano anterior, crescimento de 4,7%.

Erika Tank reconheceu o trabalho “enorme” desenvolvido pela equipe do Samu. Ela destacou as ações educacionais voltadas à população. Nesse sentido, a vice-prefeita citou o projeto “Samuzinho” que leva noções de primeiros socorros às crianças de escolas públicas e privadas.

Outro trabalho realizado pelo Samu, mencionado pela vice-prefeita, é a “Lei Lucas”, que prevê a capacitação em primeiros socorros de todos os servidores da educação. A “Lei Lucas” foi o resultado de um projeto elaborado por Erika Tank no período em que atuava no Legislativo Municipal, sancionado por Botion em 2018. “Limeira foi a primeira cidade do país a criar a Lei Lucas e iniciar o treinamento dos profissionais, antes mesmo dos governos estadual e federal”, enfatizou.

Salvando Vidas

“Falar do Samu é falar de vida”. Foi com essas palavras que Lemão da Jeová Rafá resumiu a atuação do serviço, ao comentar sobre a rotina de atendimento às vítimas. Esse trabalho começa ainda na “Central de Regulação”, onde os técnicos levantam as primeiras informações sobre a ocorrência e fazem os encaminhamentos de acordo com a gravidade da situação. Dependendo do caso, o médico de plantão orienta as pessoas próximas à vítima quanto aos procedimentos necessários até a chegada da equipe. “Parabéns a todos os servidores”, disse o presidente da Câmara.

Para dar conta do volume de solicitações, o Samu mantém 93 funcionários, que recebem treinamentos periódicos, dentre eles, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, motoristas socorristas, operadores de rádio, técnicos de regulação médica, pessoal administrativo, entre outros. Na direção do serviço, estão o gerente de Divisão, Ângelo Antonio Welington Ferronato, o encarregado Médico, André Dahmen Rodrigues, e a encarregada Técnica, Cintia Marabezi Fernandes.

A partir de hoje, a população poderá conhecer um pouco mais da rotina desses profissionais. A prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação Social, inicia a exibição de uma série de vídeos sobre o Samu. São oito vídeos, sete com integrantes da equipe e um com a família de uma das vítimas, que conseguiu sobreviver graças à rápida atuação dos socorristas. O material será postado nas redes sociais da prefeitura.

Status

O Samu Limeira tem o status de “qualificado” pelo Ministério da Saúde. Na prática, significa que o serviço mantém critérios rigorosos no atendimento à população. Segundo Dahmen Rodrigues, um dos principais indicadores para obter essa qualificação é o chamado “tempo de resposta”, medido entre o acionamento do serviço até a chegada da viatura ao endereço da ocorrência. Aqui em Limeira, esse tempo de resposta é, em média, de 9 minutos, considerando-se tanto os chamados na zona urbana quanto rural. “Temos um serviço de excelência. É um prazer enorme fazer parte dessa equipe e dessa história”, afirmou o médico.

Ainda visando a manutenção desse padrão de qualidade, o Samu dispõe de quatro ambulâncias, sendo três unidades de suporte básico e uma de suporte avançado, além de dois veículos de reserva. Toda a frota foi renovada durante a primeira gestão do prefeito Mario Botion. Também houve investimentos na compra de equipamentos, como a troca do sistema de rádio comunicação, que passou do analógico para o digital, e a aquisição de bombas de infusão para medicamentos.

Cartas

Ao final da cerimônia, os servidores do Samu receberam cartas de “Reconhecimento e Gratidão” e ganharam um bolo de aniversário. As autoridades presentes também fizeram o descerramento de uma placa em comemoração à data. “Estou muito grato de estar hoje aqui, participando desse evento. Deixo o meu agradecimento em nome da Secretaria de Saúde”, pontuou Vitor Santos.

Serviço:

As ligações para o Samu (192) são gratuitas e podem ser feitas de qualquer telefone, fixo ou celular. O serviço deve ser acionado em situações que envolvem risco de sequelas graves ou que possam levar o paciente à morte.

Notícias recomendadas para você
BUSCAR NOTÍCIAS