SAÚDE
Outubro Rosa e Novembro Azul
Seja Consciente. Cuide, Previna, Toque no Assunto. Por você e por todos que te amam

CLIQUE AQUI PARA DOWNLOAD DA CARTILHA

PERSONALIZE A IMAGEM DO FACEBOOK - CLIQUE AQUI OU ACESSE https://bit.ly/limeirarosa

O que é o Outubro Rosa?
É um movimento popular que envolve cidades de todo o mundo na luta contra o câncer de mama. Sua marca é a iluminação rosa de monumentos e prédios públicos. A  importância da campanha é a conscientização da prevenção através do diagnóstico precoce.
Para prevenir o câncer de mama, é fundamental ter uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente, além de avaliar periodicamente a saúde das mamas. Confira a seguir as dúvidas mais frequentes sobre o assunto e suas respostas.

O que é mamografia?
É o exame-padrão para o diagnóstico de câncer de mama, que permite detectar o tumor em fase inicial, quando mede milímetros e ainda não é palpável.

Quando a mamografia de rotina deve ser iniciada?
O Instituto Nacional do Câncer (Inca) recomenda que ela seja feita a cada dois anos, dos 50 anos aos 69 anos - faixa de maior incidência de câncer de mama.

Antes dos 50 anos, que exames são aconselhados?
O autoexame mensal e a palpação anual por um profissional de saúde. Em caso de alterações, como caroço, retração de pele, mudança no formato, na textura ou no tamanho da mama, inversão do mamilo ou saída de secreção, o médico pode solicitar uma mamografia para diagnóstico.

E se houver histórico de câncer de mama na família?
Quando um ou mais parentes em 1º grau tiveram a doença, em especial se for antes da menopausa, a indicação é iniciar a avaliação dez anos antes da idade em que o câncer de mama surgiu no familiar.

Por que a mamografia aperta tanto as mamas?
Para separar as estruturas internas e torná-las mais visíveis. No período pré-menstrual a sensação é mais dolorosa. Procure marcar o exame depois da menstruação.

É verdade que a mamografia não é o melhor exame para quem tem mamas densas?
Sim. nesses casos, a visibilidade nem sempre é boa, sendo a ultrassonografia um exame complementar, pois ela permite diferenciar nódulos líquidos e sólidos, além de ver tumores não observados na mamografia.

Mulher com prótese de silicone pode fazer a mamografia?
Sim, pode. A mulher com prótese na mama deve avisar o agendador e o técnico que realizará o exame, pois nem todo serviço está preparado para realizar tal exame, já que a técnica é diferente.

O que pode ser feito para a doença ser prevenida?
Manter uma boa qualidade de vida, com alimentação saudável e exercícios físicos, evitar bebida alcoólica, cigarro e fugir dos quilos a mais, em especial depois da menopausa. Ter filhos antes de 35 anos e amamentá-los também ajuda a proteger a mulher.

Como fazer o autoexame da mama:

Em frente ao espelho, com os braços abaixados ao longo do corpo, verifique se há alterações nas mamas.
Em frente ao espelho, levante os braços, coloque as mãos na cabeça e observe se ocorre alguma mudança no contorno das mamas ou no bico.
Em frente ao espelho, repita a observação com as mãos na cintura e apertando-a.
 Deitada, coloque a mão esquerda atrás da cabeça e deslize os dedos indicador, suavemente em movimentos circulares pela mama esquerda, axila esquerda.
Repita o movimento usando a mão direita para examinar a mama direita e acima das mas mamas.
Deitada, esprema o mamilo delicadamente e observe se sai qualquer secreção.
Atenção! A observação de alterações na pele ou no bico da mama, de nódulos ou espessamentos, e de secreções mamárias, não significa necessariamente a existência de câncer.

O hábito de realizar o autoexame mensalmente fará com que você conheça a sua mama, identificando rapidamente qualquer alteração.

Importante: Ao perceber qualquer alteração nas mamas, procure uma unidade de saúde. O autoexame deve ser realizado uma vez por mês, na semana seguinte ao término da menstruação. As mulheres que não menstruam devem determinar um dia específico para repetir o autoexame todo o mês.
O autoexame não é um método diagnóstico e não substitui a avaliação do médico. A mamografia é um eficiente método de detecção precoce. Por isso, procure sempre um profissional de saúde (médico ou enfermeiro) para solicitar o exame.

Observar:


Alteração na cor da pele


Temperatura da pele

Aspecto de casca de laranja

Caroços

Pele repuxada na axila e recião acima das mamas

Depressão da pele

CLIQUE AQUI PARA VERIFICAR A UBS MAIS PRÓXIMA DE SUA CASA

Informações: 
(19) 3404.3232
0800.7763344
saude.atencaobasica@limeira.sp.gov.br 


CLIQUE AQUI PARA DOWNLOAD DA CARTILHA

PERSONALIZE A IMAGEM DO FACEBOOK - CLIQUE AQUI OU ACESSE https://bit.ly/limeiraazul

O que é a próstata?
É uma glândula presente nos homens, localizada na frente
do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior
da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides.

Quais exames são utilizados para investigar o câncer de próstata?
Exame de toque retal 
O médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata.
Exame de PSA
É um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata - Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.

Que sintomas podem indicar um câncer de próstata?
• Dor lombar;
• Problemas de ereção;
• Dor na bacia ou joelhos e
• Sangramento pela urina.

É possível descobrir o câncer de próstata em pessoas que não apresentam sintomas?
A maioria dos cânceres de próstata não causa sintomas até que atinjam um tamanho considerável. Em homens acima de 50 anos pode-se realizar o exame de toque retal e dosagem de PSA para saber se existe um câncer de próstata sem sintomas. 

Ter um dos exames alterados implica em ter câncer de próstata?
Não. O toque retal identifica outros problemas além do cãncer de próstata e é mais sensível em homens com algum tipo de sintoma. O PSA tende a aumentar de acordo com o avanço da idade. Cerca de 75-80% dos homens com aumento do PSA não tem câncer de próstata.

Qual exame confirma o câncer de próstata?
Para confirmar a doença é preciso fazer uma biópsia. Nesse exame são retirados pedaços muito pequenos da próstata para serem analisados no laboratório.
A biópsia é indicada caso seja encontrada alguma alteração no exame de PSA ou no toque retal. 

O que um homem com mais de 50 anos deve fazer?
Deve procurar uma unidade de saúde mais próxima de sua casa.

O câncer de próstata pode ser prevenido?
Manter uma alimentação saudável, não fumar, ser fisicamente ativo e visitar regularmente seu médico contribui para a melhoria da saúde em geral e pode ajudar na prevenção deste câncer.

Este tipo de câncer é hereditário?
Menos de 10% dos cânceres de próstata tem algum componente hereditário. Quanto mais jovem o homem em quem o câncer for detectado, maior a probabilidade de haver um componente hereditário.

CLIQUE AQUI PARA VERIFICAR A UBS MAIS PRÓXIMA DE SUA CASA

Informações: 
(19) 3404.3232
0800.7763344
saude.atencaobasica@limeira.sp.gov.br