CORONAVÍRUS
Critérios para Vacinação de Imunossuprimidos
Vacinação Covid-19

Critérios para Vacinação de Imunossuprimidos

Pessoas com alto grau de imunossupressão: pelo menos 28 dias após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independentemente do imunizante aplicado, considerando o calendário proposto para vacinação (ver item 3. População-alvo). Considera-se pessoas com alto grau de imunossupressão indivíduos que possuam:

I - Imunodeficiência primária grave 
II - Quimioterapia para câncer 
III - Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras 
IV - Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 < 200 cel/mm3 
V - Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.  
VI - Uso de drogas modificadoras da resposta imune *.  
VII - Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise) 
VIII - Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias). 

* Drogas modificadores de resposta imune consideradas para fim de elegibilidade a dose adicional da vacina para pessoas imunossuprimidas:Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; Ciclosporina; Tacrolimus; 6-mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe).

Fonte: Documento Técnico - Campanha de Vacinação contra a COVID-19 - 11 de setembro de 2021 - 22ª atualização